Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifap.br:80/jspui/handle/123456789/264
Title: Antimaláricos no Estado do Amapá - Brasil: a qualidade físico-química do difosfato de cloroquina
metadata.dc.creator: SOBRAL, Milagros Maria Soto Zúñiga
metadata.dc.creator.Lattes: http://lattes.cnpq.br/0976929674479216
metadata.dc.contributor.advisor1: MEDEIROS, Fernando Antônio de
metadata.dc.contributor.advisor1Lattes: http://lattes.cnpq.br/4185605695685617
metadata.dc.type: Dissertação
Citation: SOBRAL, Milagros Maria Soto Zúñiga. Antimaláricos no Estado do Amapá - Brasil: a qualidade físico-química do difosfato de cloroquina. Orientador: Fernando Antônio de Medeiros. 2013. 81 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) – Departamento de Pós-Graduação, Universidade Federal do Amapá, Macapá, 2013. Disponível em: http://repositorio.unifap.br:80/jspui/handle/123456789/264. Acesso em:.
metadata.dc.description.resumo: Uma das preocupações das autoridades sanitárias do nosso país é o controle de qualidade dos medicamentos oferecidos á população em especial daqueles destinados ás doenças negligenciadas como é o caso da malária, (Portaria 2797/2012 MS.) as condições de estocagem, distribuição e transporte desempenham papel fundamental para a manutenção dos padrões de qualidade destes medicamentos; a resistência aos antimaláricos é um dos problemas relacionados ao tratamento da malária, resistência esta que pode estar vinculada à má qualidade destes medicamentos. Foram avaliados dois lotes de amostras de comprimidos de difosfato de cloroquina procedentes de postos de notificação da malária (PNCM) de três municípios do estado do Amapá e comparados seus resultados com os comprimidos armazenados na Central de Abastecimento Farmacêutico na capital, as amostras ficaram em cada local por um período de três meses nas mesmas condições dos outros antimaláricos existentes no PNCM. Cumprido este período as amostras foram coletadas e transportadas ate o Serviço de Controle Medicamentos do Lacen-AP, as análises físico-químicas realizadas foram segundo os métodos da monografia da Farmacopéia Brasileira 5ª edição. A relevância destas analises se deve a que a malária continua sendo uma das mais severas doenças parasitárias no mundo. De acordo com a Organização Mundial de Saúde (OMS), a malária ocorre em 99 países. Cerca de 3,3 bilhões de pessoas estavam em risco de malária em 2010. Aproximadamente 86% das mortes por malária ocorrem em crianças menores de 5 anos de idade e a maioria dos estão na África sub-saariana. A incidência estimada da malária diminuiu 17% globalmente entre 2000-2010 e a taxa de mortalidade para malária diminuiu em 26% após o aumento de prevenção e tratamento. No Brasil, no ano de 2011, o 99,7% da transmissão da malária concentrou-se na Região Amazônica. O quadro epidemiológico da malária no Brasil é preocupante nos dias atuais. Embora em declínio, o número absoluto de casos no ano de 2008 ainda foi superior a 300.000 pacientes em todo o país. Desses, 99,7% foram transmitidos nos Estados da Amazônia Legal, composta pelos estados do Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima e Tocantins, compreendendo 807 municípios. Observamos que, o armazenamento dos medicamentos nos postos de saúde dos municípios avaliados, apresentaram deficiências no armazenamento na sua maioria, isto pode influir na sua qualidade ocasionando ineficácia terapêutica; todas as amostras analisadas apresentaram resultados satisfatórios para as análises físico-químicas, especialmente na dissolução, uniformidade de dose unitária, e doseamento do princípio ativo
Abstract: One of the concerns of health authorities of our country is the quality control of medicines offered to population in particular those aimed at neglected diseases such as malaria, (Gatehouse 2797/2012 MS.) conditions of storage, distribution and transportation play a fundamental role in the maintenance of quality standards of these medicines. We evaluated two batches of samples of tablets of chloroquine diphosphate from posts of notification of malaria (PNCM) tree municipal of the State of Amapá and compared their results with your pills stored in Pharmaceutical Supply Center in the capital, the samples were at each site for a period of three months under the same conditions of other existing antimalarial in PNCM. Fulfilled this period samples were collected and transported to the Drugs Control service Lacen-AP, physicochemical analyses were performed using the methods of the Brazilian Pharmacopoeia monograph 5th Edition. The relevance of these analyses is that malaria remains one of the most severe parasitic diseases in the world. According to the World According to the World Health Organization (who), malaria occurs in 99 countries. About 3.3 billion people were at risk of malaria in 2010. Approximately 86% of malaria deaths occur in children under 5 years of of age and most are in sub-Saharan Africa. It is estimated that 40% of the total number of cases of malaria occur in the Democratic Republic of the Congo, India and Nigeria. The estimated incidence of malaria decreased 17% globally between 2000-2010 and the mortality rate for malaria decreased by 26% after increasing prevention and treatment. In Brazil, in the year 2011, the 99.7% of the transmission of malaria concentrated in the Amazon region. The epidemiological frame of malaria in Brazil is of concern in the present day. Although declining, the absolute number of cases in the year of 2008 was still more than 300,000 patients around the country. Of these, 99.7% were transmitted in the Legal Amazon States, composed of the States of Acre, Amazonas, Amapá, Maranhão, Mato Grosso, Pará, Rondônia, Roraima and Tocantins, comprising 807 municipalities. The stores for medicines in places that were chosen for evaluation require improvements, showed deficiencies in the storage of antimalarials, which may influence the quality of these only a PNM introduced appropriate conditions of storage. All samples of chloroquine presented satisfactory results. One of the problems related to the treatment of malaria's resistance to antimalarials which leads us to continue with the farmacovigilancia of these medications
Keywords: Malária
Antimaláricos - Controle de qualidade - Amapá
Difosfato de cloroquina - Análise
metadata.dc.subject.cnpq: CNPQ::CIENCIAS BIOLOGICAS::PARASITOLOGIA::ENTOMOLOGIA E MALACOLOGIA DE PARASITOS E VETORES
Publisher: UNIFAP - Universidade Federal do Amapá
metadata.dc.publisher.country: Brasil
metadata.dc.source: 1 CD-ROM
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde - PPGCS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AntimalaricosEstadoAmapa.pdf2,45 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons