Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifap.br:80/jspui/handle/123456789/286
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorSANTOS, Adrilane Morais dos-
dc.creatorCORRÊA, Jackson Marcelo Gaya-
dc.date.accessioned2020-02-03T17:47:26Z-
dc.date.available2020-02-03T17:47:26Z-
dc.date.issued30-04-2019-
dc.identifier.citationSANTOS, Adrilane Morais dos; CORRÊA, Jackson Marcelo Gaya. Caracterização do manejo de suínos em propriedades rurais no município de Mazagão – Amapá, Brasil. Orientadora: Elizabeth Machado Barbosa. Coorientador: Ricardo Marcelo dos Anjos Ferreira. 2019. 58 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Educação do Campo) – Campus de Mazagão, Universidade Federal do Amapá, Mazagão, 2019. Disponível em: http://repositorio.unifap.br:80/jspui/handle/123456789/286. Acesso em: .-
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifap.br:80/jspui/handle/123456789/286-
dc.description.abstractPig farming is a well-established cattle-raising activity in Brazil, with a fast-growing domestic market with an average annual turnover of R $ 12 billion, generating approximately 2 million jobs and income for rural properties. Brazil is the fourth largest producer and exporter of pork, in view of the use of efficient technology in genetics, nutrition, sanitation, management, facilities and equipment. The state of Amapá concentrates on average 33 pig heads per establishment, while Pará concentrates only 14 animals per property, followed by Rondônia and Tocantins with an average of 11 animals per property. The objective of this work is to characterize pig management in the municipality of Mazagão - Amapá, where 12 pig farms were visited in the municipality of Mazagão. The methods used for the research were an open questionnaire with the term of free clarification and the data were allocated in an Excel worksheet and submitted to statistical analysis for this case. The results obtained from the municipality showed that the swine activity is still very focused on family agriculture, in which the total number of animals found were 664 animals, being divided into 366 animals, adult males 49 animals, adult female 120 animals, reproductive male 11 animals and female reproductive 118 animals. the average arithmetic weight of the pups was 14 kg, adult males 132 kg and females 102 kg male reproducers 177 kg and female reproducers 119 kg, among the most commonly used breeds in the crosses are the Landrace breeds and Duroc, due to being more rustic animals and adapted to the region, its nutrition presents / displays a range of foods that go from the pasture, balanced ration and remnants of fruits and vegetables. Annals are created extensively, where there is no adequate zootechnical and sanitary control; the marketing is done through the sale of live and slaughtered pigs, which depending on the weight and category the price varies. It is concluded that despite the swine activities in the municipality of Mazagão, to be developed for several years the managements developed by the owners are still very archaic, demonstrating that the producers have few zootechnical knowledge in the area, not to mention that the technical assistance almost does not exist. However, there is a great need for the public power to provide training and technical assistance to producers encouraging better use of technologies in their production, and highlighting the clandestine killing that takes place within the properties that endanger public healthpt_BR
dc.publisherUNIFAP - Universidade Federal do Amapápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.subjectManejo de suínospt_BR
dc.subjectSuinoculturapt_BR
dc.subjectAgronegócio do suínopt_BR
dc.subjectAgronegóciopt_BR
dc.titleCaracterização do manejo de suínos em propriedades rurais no município de Mazagão – Amapá, Brasilpt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso - Graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisor1BARBOSA, Elizabeth Machado-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/0218115498772722-
dc.contributor.advisor1-co1FERREIRA, Ricardo Marcelo dos Anjos-
dc.contributor.advisor1-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6232004360941231-
dc.description.resumoA suinocultura é uma atividade pecuária bem consolidada no Brasil, com um mercado interno em franco crescimento, tendo em média um faturamento de R$ 12 bilhões por ano, gerando aproximadamente dois milhões de empregos e renda para as propriedades rurais, sendo o quarto maior produtor e exportador de carne suína, tendo em vista o uso de tecnologia eficiente na genética, nutrição, sanidade, manejo, instalações e equipamentos. No Estado do Amapá os Municípios de Macapá e Mazagão, segundo IBGE, são os principais produtores de suínos. O objetivo deste trabalho é a caracterização do manejo de suínos no município de Mazagão. Esta investigação foi realizada com auxílio de questionário aberto em 12 propriedades rurais que praticam a suinocultura. A atividade suinícola nas propriedades investigadas é voltada para agricultura familiar no qual a quantidade total de animais relatados foi de 664, sendo divididos em leitões, Cachaços, Marrã, Reprodutor e Matrizes com um quantitativo de, respectivamente, 366, 49, 120, 11 e 118. O peso médio foi de 14 Kg para leitões, 132 kg para cachaço, 102 Kg para marrã, 177 para reprodutor e 119 Kg para matrizes. As raças mais utilizadas nos cruzamentos são Landrace e Duroc. Os suínos apresentam uma gama de alimentos, que vão desde pasto a restos de frutas e verduras, sendo criados de forma extensiva sem um controle zootécnico e sanitário adequado. A comercialização de suínos vivos e abatidos, que dependendo do peso e categoria, pode apresentar variação no preço. O manejo desenvolvido pelos proprietários, apesar das atividades de suinocultura no município de Mazagão ser desenvolvida a vários anos, é muito arcaico demonstrando que os produtores possuem poucos conhecimentos zootécnicos na área, sem contar que a assistência técnica quase não existe. É necessário que o poder público leve capacitação e assistência técnicas aos produtores, incentivando o uso de tecnologias adequadas no rebanho suinícola dessas propriedades, bem como adoção de boas práticas sanitárias visando à valorização da criação local e diminuição do risco à saúde pública oriundo da ingestão de alimentos oriundos desses animaispt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS AGRARIAS::AGRONOMIApt_BR
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
Appears in Collections:Educação no Campo

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_CaracterizacaoManejoSuinos.pdf1,17 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons