Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifap.br:80/jspui/handle/123456789/815
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorJENNINGS, Genilson de Almeida-
dc.date.accessioned2022-05-12T12:30:40Z-
dc.date.available2022-05-12T12:30:40Z-
dc.date.issued31-05-2021-
dc.identifier.citationJENNINGS, Genilson de Almeida. Avaliação do uso de programa de atividades físicas com exergames na qualidade de vida de pessoas com baixa visão do estado do Amapá – região da Amazônia Legal. Orientadoa: Maira Tiyomi Sacata Tongu Nazima. 2021. 147 f. Dissertação (Mestrado em Ciências da Saúde) – Departamento de Pós-Graduação, Universidade Federal do Amapá, Macapá, 2021. Disponível em: http://repositorio.unifap.br:80/jspui/handle/123456789/815. Acesso em:.-
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifap.br:80/jspui/handle/123456789/815-
dc.description.abstractExergames generate physical interaction with users and can represent a valuable technological tool to be explored to improve the quality of life of people with low vision. Objective: to evaluate the perception and quality of life through the Questionnaire The World Health Organization Quality of Life Bref (WHOQOL-bref) in 20 people with low vision before and after participation in a physical activities program with the exergames and their effects perceived after these activities. Methods: in relation to quantitative data, the characterization of the sample involved the statistical analysis of the data with the aid of software R (version 3.6.0). The Focus Group technique was used as a qualitative tool to investigate perceptions in relation to the applied activities. The analysis of the collected content occurred using the Bardin technique (2012) with the help of atlas.ti 7.5.16 software. Results: in relation to the effects perceived by the group, benefits, difficulties, physical, psychological motivations, social, environmental relations and differences in relation to other physical activities could be described as characteristics of this practice. On the comparison of the domains before and after the practice of the exergames, it was observed the increase of the means, with considerable increase of the physical (9.27 points and p-value=0.048) and improvement of quality of life (3.17 points and p-value=0.392). By correlating the sociodemographic variables with the domains, it was found: although not significant, there was a stronger correlation between the psychological domain and family income (p-value=0.076); greater increase in the social domain of those who declared higher family income (p-value=0.020); female gender with a higher mean tendency (59.10) than males (48.98) in the environment domain (p-value=0.036). After practicing with exergames, when correlating the variables family arrangement and physical domain (p-value=0.036), it was identified that the mean physical domain (73.81) was higher in people who had a family arrangement with partners and children and people with social security benefit presented an increase in the environment domain with an average of 6.53 compared to those who did not receive this resource (mean : -7,29). Regarding the overall quality of life, the mean was higher for females (69.40) and the psychological domain showed a higher mean for teachers (84.02). Conclusion: the practice of physical activity with the exergames, using the wii fit plus game, performed twice a week, for 50 minutes, for 12 sessions, provided improvement in the perceived quality of life in the physical, psychological aspects, social relations and the environment in people with low vision, above 12 years of age, pointing out the need for continued environmental intervention through interprofessional work in the accompaniment of these people. The practice also positively interfered in the social relations of the participants.pt_BR
dc.publisherUNIFAP - Universidade Federal do Amapápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.sourceVia SIPACpt_BR
dc.subjectBaixa visão - qualidade de vidapt_BR
dc.subjectBaixa visão - reabilitaçãopt_BR
dc.subjectReabilitação visual - Amapápt_BR
dc.subjectExergames - benefíciospt_BR
dc.titleAvaliação do uso de programa de atividades físicas com exergames na qualidade de vida de pessoas com baixa visão do estado do Amapá – região da Amazônia Legalpt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.contributor.advisor1NAZIMA, Maira Tiyomi Sacata Tongu-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/6757577789195331-
dc.description.resumoOs exergames geram interação física com os usuários e podem representar valiosa ferramenta tecnológica a ser explorada para melhorar a qualidade de vida das pessoas com baixa visão. Objetivo: avaliar a percepção e a qualidade de vida por meio do questionário The World Health Organization Quality of Life Bref (WHOQOL-bref) em 20 pessoas com baixa visão antes e depois da participação em um programa de atividades físicas com os exergames e os seus efeitos percebidos após essas atividades. Métodos: em relação aos dados quantitativos, a caracterização da amostra envolveu a análise estatística dos dados com o auxílio do software R (versão 3.6.0). A técnica Grupo Focal foi utilizada como ferramenta qualitativa para a investigação das percepções em relação às atividades aplicadas. A análise do conteúdo coletado ocorreu por meio da técnica de Bardin (2012) com o auxílio do software ATLAS.ti 7.5.16. Resultados: em relação aos efeitos percebidos pelo grupo, benefícios, dificuldades, motivações físicas, psicológicas, nas relações sociais, ambientais e diferenças em relação a outras atividades físicas puderam ser descritos como características dessa prática. Sobre a comparação dos domínios antes e depois da prática dos exergames, observou-se a elevação das médias, com aumento considerável do físico (9,27 pontos e valor-p=0,048) e melhora da qualidade de vida (3,17 pontos e valor-p=0,392). Ao correlacionar as variáveis sociodemográficas com os domínios, constatou-se: embora não significativa, houve correlação mais forte entre o domínio psicológico e a renda familiar (valor-p=0,076); maior incremento no domínio social dos que declararam maior renda familiar (valor-p=0,020); sexo feminino com tendência de média (59,10) maior que o masculino (48,98) no domínio meio ambiente (valor-p=0,036). Após a prática com os exergames, ao correlacionar as variáveis arranjo familiar e domínio físico (valor- p=0,036), identificou-se que a média do domínio físico (73,81) foi maior nas pessoas que possuem um arranjo familiar com companheiros e filhos e pessoas com benefício previdenciário apresentaram um incremento no domínio meio ambiente com média de 6,53 em relação às que não recebiam este recurso (média: -7,29). No tocante à qualidade de vida geral, a média foi maior para o sexo feminino (69,40) e o domínio psicológico demonstrou média maior para os professores (84,02). Conclusão: a prática de atividade física com os exergames, utilizando o jogo Wii Fit Plus, realizada duas vezes por semana, durante 50 minutos, por 12 sessões proporcionou melhora na qualidade de vida percebida nos aspectos físicos, psicológicos, nas relações sociais e com o meio ambiente em pessoas com baixa visão, acima dos 12 anos de idade, apontando a necessidade de uma intervenção ambiental continuada por meio de um trabalho interprofissional no acompanhamento dessas pessoas. A prática também interferiu positivamente nas relações de convívio social dos participantes.pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ:: CIENCIAS DA SAUDEpt_BR
dc.contributor.advisor1orcidhttps://orcid.org/0000-0002-7858-3045-
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Ciências da Saúde - PPGCS

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_AvaliacaoUsoPrograma.pdf2,67 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons