Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifap.br:80/jspui/handle/123456789/993
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorFAVACHO, Cayo Almyr Silva-
dc.creatorAZEVEDO, Filipe Rocha Vieira-
dc.creatorSILVA NETO, Ovídio Bahia da-
dc.date.accessioned2022-08-09T16:25:35Z-
dc.date.available2022-08-09T16:25:35Z-
dc.date.issued2016-
dc.identifier.citationFAVACHO, Cayo Almyr Silva; AZEVEDO, Filipe Rocha Vieira; SILVA NETO, Ovídio Bahia da. Lesões por esforço repetitivo e doenças osteomusculares relacionadas ao trabalho: tempo de afastamento e aspectos epidemiológicos no Amapá de 2008 a 2012. Orientador: Bráulio Érison França dos Santos. 2016. 61 f. Trabalho de Conclusão de Curso (Graduação em Medicina) – Departamento de Ciências Biológicas e da Saúde, Universidade Federal do Amapá, Macapá, 2016. Disponível em: http://repositorio.unifap.br:80/jspui/handle/123456789/993. Acesso em:.-
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifap.br:80/jspui/handle/123456789/993-
dc.description.abstractDespite of the growing number and frequency of non physical pathologies as a cause of labor abcense, the major causes are still the physical ones, which are also tendind to increase their prevalence. The Work Related Musculoskeletal Diseases (WRMSD) has been an amount of conditions each more frequent and great cause of labor absenteeism, generating a large burden to the state. The WRMSD, or as used by some authors as Repetitive Strain Injuries (RSI), have their prevalence each time bigger, despite the expectation that the increasing technology would decrease RSI/WRMSD. This is evidenced in studies of the affected workers groups, that explains a constant presence of computer and information sector workers, as typists, telephone operators and industrial sector workers. The fact that relate increased technology and higher prevalence of RSI/WRMSD is in the adoption of new technologies and production managements whitout the workers questioning, or adequate adaptation by the employers. However, there is still much to understand about RSI/WRMSD data prevalence and other data in workers groups due to the lack of epidemiological studies.This expectation to expand the understanding concerning these topics of RSI/WRMSD are reflected in the importance of this work, especially regarding the state of Amapá. The purpose of this monograph is, therefore, to discuss different aspects of this important issue in Amapá state, with the expectation of obtaining data and conclusions concerning this, from consultation to corporate systems of the “Instituto Nacional do Seguro Social” (INSS), based on the database of the “Empresa de Processamento de Dados da Previdência” (Dataprev) available on SUIBE system (Sistema Único de Informações de Benefícios). This study evaluated data from 334 medical records of beneficiaries related to RSI/WRMSD by the period of 2008 to 2012, Which were submitted to descriptive analysis. The beneficiaries are mostly men that live in Macapa, of age 40 to 49 years, with salaries ranging from 1 to 2 minimun weight. The most prevalent diseases are the group of Back Pains(CID M54), the abcense time average is 51.71 days. After analysis by DATAPREV data can be concluded that the higher proportion of abcences by men can be related to the bigger number of this sex in the economically activepopulation.However, women had more abcense time. The study also inferred that, as in most studies, the upper limbs pathologies are more prevalent and people with lower salaries are most affected, suggesting great relation between the social aspect and the incidence of RSI/WRMSD. Finally, this work shows the importance of further studies about the epidemiological and demographic populations affected by these diseases in order to seek greater understanding related to them.pt_BR
dc.publisherUNIFAP – Universidade Federal do Amapápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectDistúrbio Osteomuscularpt_BR
dc.subjectLesão por Esforço Repetitivo - LERpt_BR
dc.subjectAfastamento laboralpt_BR
dc.titleLesões por esforço repetitivo e doenças osteomusculares relacionadas ao trabalho: tempo de afastamento e aspectos epidemiológicos no Amapá de 2008 a 2012pt_BR
dc.typeTrabalho de Conclusão de Curso - Graduaçãopt_BR
dc.contributor.advisor1SANTOS, Bráulio Érison França dos-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9369707567399877-
dc.description.resumoApesar de ser crescente o número e a frequência de patologias não físicas como causa de afastamento laboral, as físicas ainda se despontam como as principais, que também vem tendo sua prevalência aumentada. As Doenças Osteomusculares Relacionadas ao Trabalho (DORT) vêm sendo um conjunto de afecções cada vez mais frequentes e grandes causadoras de absenteísmo laboral, gerando grande ônus ao Estado. As DORT, ou, como ainda utilizado por alguns autores, Lesões por Esforço Repetitivo (LER), tem sua prevalência cada vez maior, contrariando a expectativa de que o aumento de tecnologia diminuiria LER/DORT. Isso é evidenciado nos estudos sobre os grupos de trabalhadores acometidos, que explicita a constante presença de trabalhadores do setor de tecnologia e informação, como digitadores, telefonistas e trabalhadores do setor industrial. O fato relacionado a maior tecnologia e maior prevalência de LER/DORT está na adoção de novas tecnologias gerenciais e de produção para os trabalhadores sem questionamento ou adaptação adequada por parte patronal. Porém, ainda há muito que se entender sobres os dados de grupos de trabalhadores, prevalência e outros dados de LER/DORT devido a escassez de estudos epidemiológicos sobre. Essa expectativa de se ampliar o entendimento relativo a esses pontos de LER/DORT se refletem na importância desse trabalho, principalmente no que tange o Estado do Amapá. O objetivo da presente monografia é, portanto, discutir diferentes aspectos deste importante tema no estado amapaense, com a expectativa de se obter dados e conclusões relativos a este, a partir de consultas aos sistemas corporativos do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), com base no banco de dados da Empresa de Processamento de Dados da Previdência (Dataprev), disponíveis no sistema SUIBE (Sistema Único de Informações de Benefícios). O presente estudo avaliou dados de 334 prontuários de beneficiários relacionados a LER/DORT do período de 2008 a 2012, que foram submetidos a análise descritiva. Os beneficiários são na maioria homens que residem em Macapá, faixa etária de 40 a 49 anos e com salários variando de 1 a 2 SM. As doenças mais prevalentes são do grupo das Dorsalgias (CID M54), o tempo de afastamento apresentou média de 51,71 dias. Após análise pelos dados do DATAPREV pode-se concluir que essa maior proporção de homens afastados deve-se pela possível maior quantidade desse sexo na população economicamente ativa. Porém, as mulheres tiveram maior tempo de afastamento. O estudo também inferiu que, assim como na maioria dos estudos, as patologias dos membros superiores são mais prevalentes e as pessoas de menor remuneração são mais acometidas, sugerindo grande relação entre o aspecto social e incidência das LER/DORT. Por fim, este trabalho demonstra a importância de novos estudos sobre os aspectos epidemiológicos e sociodemográficos das populações acometidas por essas doenças a fim de se buscar um maior entendimento em relação a elas.pt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ:: CIENCIAS DA SAUDEpt_BR
dc.contributor.advisor1orcidhttps://orcid.org/0000-0001-5238-7233-
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
Appears in Collections:Medicina

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
TCC_LesoesEsforcoRepetitivo.pdf591,2 kBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons