Please use this identifier to cite or link to this item: http://repositorio.unifap.br:80/jspui/handle/123456789/276
Full metadata record
DC FieldValueLanguage
dc.creatorCORRÊA, Katrícia Milena Almeida-
dc.date.accessioned2020-01-22T17:40:06Z-
dc.date.available2020-01-22T17:40:06Z-
dc.date.issued20-03-2018-
dc.identifier.citationCORRÊA, Katrícia Milena Almeida. A formação do Complexo Hidrelétrico no Rio Araguari: impactos no ordenamento territorial de Ferreira Gomes, Amapá. Orientador: Jadson Luís Rebelo Porto; Coorientadora: Bianca Moro de Carvalho. 2018. 128 f. Dissertação (Mestrado em Desenvolvimento Regional) – Departamento de Pós-Graduação, Universidade Federal do Amapá, Macapá, 2018. Disponível em: http://repositorio.unifap.br:80/jspui/handle/123456789/276. Acesso em:.pt_br
dc.identifier.urihttp://repositorio.unifap.br:80/jspui/handle/123456789/276-
dc.description.abstractThe present investigation seeks to analyze the impacts on the territorial planning in municipality of Ferreira Gomes (AP) due to the insertion of the Hydroelectric Complex in the Araguari River. The formation of the Hydroelectric Complex, made up of three hydroelectric projects located in the Araguari River, was driven by external actions to the region, provoking new economic and social contexts for Amapá. The exploration of the hydroelectric potential of the Araguari River and the recent insertion of Amapá into the National Interconnected System have placed the state as a strategic piece for the activities of the Brazilian energy sector. On the other hand, developmental actions denote the predilection for strictly economic aspects, to the detriment of social and local aspects. The motivation of this research stemmed from concerns about the new economic context of Amapá caused by the Brazilian electricity sector in the implementation of hydroelectric projects in that federal entity. The approach of this article resorted to bibliographical, documentary and field research. The research shows that the formation and consolidation of the Hydroelectric Complex in the Araguari river did not bring progress to the territorial planning or development in Ferreira Gomes (AP), considering the impacts rebounded in the urban and rural areas of the municipality, as well as the perception of the population affected hydroelectric projects. This is partly due to the difficulties involved in implementing integrated actions between the enterprises and the public sphere for the implementation of mitigation plans that show a negative context in services and infrastructure faced with a timid population contingent. For the development of this research, the following guiding questions are indicated: How was the hydroelectric complex formed on the Araguari (AP) river? And how does the hydroelectric complex impact on the territorial planning of the municipality of Ferreira Gomes (AP)? This dissertation is structured from three chapters: the first brings conceptual approaches on territory; planning, planning and territorial development; geographic and technical networks. The second part deals with the implementation of hydroelectric projects in Brazil, Amazônia and Amapá, considering the actions of the energy sector for the country's energy integration. In the last chapter of this research, we discuss the formation of the Hydroelectric Complex on the river Araguari, on the profile of the municipality of Ferreira Gomes in legal, economic and social terms, as well as the impacts arising from this new context. Finally, the results of the interview applied to the affected are presentedpt_BR
dc.publisherUNIFAP - Universidade Federal do Amapápt_BR
dc.rightsAcesso Abertopt_BR
dc.rightsAttribution-NonCommercial-NoDerivs 3.0 United States*
dc.rights.urihttp://creativecommons.org/licenses/by-nc-nd/3.0/us/*
dc.source1 CD-ROMpt_BR
dc.subjectComplexo Hidrelétrico do Rio Araguaript_BR
dc.subjectDesenvolvimento econômicopt_BR
dc.subjectOrdenamento territorialpt_BR
dc.subjectFerreira Gomes (AP)pt_BR
dc.titleA formação do Complexo Hidrelétrico no Rio Araguari: impactos no ordenamento territorial de Ferreira Gomes, Amapápt_BR
dc.typeDissertaçãopt_BR
dc.creator.Latteshttp://lattes.cnpq.br/3045447572654523-
dc.contributor.advisor1PORTO, Jadson Luís Rebelo-
dc.contributor.advisor1Latteshttp://lattes.cnpq.br/4637604119824067-
dc.contributor.advisor1-co1CARVALHO, Bianca Moro de-
dc.contributor.advisor1-co1Latteshttp://lattes.cnpq.br/9486844022799240-
dc.description.resumoA presente investigação pretende analisar os impactos no ordenamento territorial do município de Ferreira Gomes, Amapá, decorrentes da inserção do Complexo Hidrelétrico no rio Araguari. A formação do Complexo Hidrelétrico, composto por três empreendimentos hidrelétricos implantados no rio Araguari, foi impulsionada por ações externas à região, provocando novos contextos econômicos e sociais para o Amapá. A exploração do potencial hidroenergético do rio Araguari e a recente inserção do Amapá ao Sistema Interligado Nacional coloraram o estado como peça estratégica para a execução das atividades do setor energético brasileiro. Por outro lado, as ações desenvolvimentistas denotam a predileção por aspectos estritamente econômicos, em detrimento de aspectos sociais e locais. A motivação desta pesquisa surgiu a partir de inquietações sobre o novo contexto econômico do Amapá, provocado pela atuação do setor elétrico brasileiro na implantação de empreendimentos hidrelétricos naquele ente federativo. A abordagem desta investigação recorre-se à pesquisa bibliográfica, documental e de campo. A pesquisa constata que, a formação e consolidação do Complexo Hidrelétrico no rio Araguari não trouxe avanços para o ordenamento e desenvolvimento territorial em Ferreira Gomes (AP), quando considerados os impactos rebatidos nas áreas urbana e rural do município, bem como a percepção da população atingida pelos empreendimentos hidrelétricos. Isto, justifica-se em parte, pelas dificuldades se de implementar ações integradas entre os empreendimentos e a esfera pública para a efetivação de planos de mitigação de impactos que denotam um quadro negativo com relação aos serviços e infraestrutura diante de um tímido contingente populacional. Para o desenvolvimento desta investigação, indicam-se as seguintes questões orientadoras: De que maneira se formou o complexo hidrelétrico no rio Araguari (AP)? E de que forma o complexo hidrelétrico impacta no ordenamento territorial do município de Ferreira Gomes (AP)? Esta dissertação se estrutura a partir de três capítulos: o primeiro traz abordagens conceituais sobre território; planejamento, ordenamento e desenvolvimento territorial e; redes geográficas e técnicas. No segundo, aborda-se sobre a implantação de empreendimentos hidrelétricos no Brasil, Amazônia e Amapá, considerando as ações do setor energético para a integração energética do país. No último capítulo desta pesquisa, discute-se sobre a formação do Complexo Hidrelétrico no rio Araguari, sobre o perfil do município de Ferreira Gomes em termos legais, econômicos e sociais, bem como os impactos decorrentes desse novo contexto. Ao fim, são apresentados os resultados decorrentes da entrevista aplicada aos atingidospt_BR
dc.subject.cnpqCNPQ::CIENCIAS SOCIAIS APLICADAS::PLANEJAMENTO URBANO E REGIONALpt_BR
dc.description.affiliationIMMES - Instituto Macapaense de Ensino Superior-
dc.contributor.advisor1orcidhttps://orcid.org/0000-0002-0316-3898-
dc.publisher.countryBrasilpt_BR
dc.subject.linhadepesquisaDESENVOLVIMENTO E PLANEJAMENTO SOCIOECONÔMICO-
dc.subject.areadeconcentracaoMEIO AMBIENTE, CULTURA E DESENVOLVIMENTO REGIONAL-
Appears in Collections:Programa de Pós-Graduação em Desenvolvimento Regional - PPGMDR

Files in This Item:
File Description SizeFormat 
Dissertacao_FormacaoComplexoHidreletrico.pdf5,14 MBAdobe PDFView/Open


This item is licensed under a Creative Commons License Creative Commons